/>
Oferta!

Kit Lino de Albergaria (O homem delicado + A vida como ela era + A rede da memória)

R$85,00

DescriçãoFicha Técnica

De que é feita a memória? Quando a retomamos, será possível distinguir entre a realidade dos fatos e reconstrução de sentido que fazemos a posteriori? Para responder a esta indagação, pano de fundo de O homem delicado, Lino de Albergaria constrói a retomada de uma vida, apresentada pela voz do personagem Lauro. Em sua retrospectiva, a narrativa autobiográfica se estrutura como as cenas de um filme, no qual o passado e o presente ora se alternam ora se justapõem, como também se movimenta como um quebra-cabeças, um caleidoscópio, as cartas do Tarô ou o álbum de figurinhas da sua infância.

 

Nas crônicas aqui reunidas em A vida como ela era, Lino de Albergaria aborda, como indica o subtítulo, os efeitos produzidos pela pandemia na vida de personagens os mais variados. O que torna esses instantâneos especiais é, mais que o tema, o ponto de vista em que se situa o narrador. Ele funciona como uma câmera postada em frente a um prédio, que registra o que acontece nos diferentes apartamentos e em seus arredores. A câmera giratória não se contenta em flagrar tais cenas, mas volta a focar os mesmos personagens em outros momentos de suas vidas, tecendo, com esses variados fios misturados, uma trama multicor e variada. Perpassando toda a coletânea, a referência a Nelson Rodrigues se faz
desde o título, que remete à coletânea A vida como ela é, e explicita-se na epígrafe tomada ao autor, onde ele constata a hostilidade do mundo em relação ao homem e a eterna nostalgia de um Paraíso perdido.

Textos curtos que surpreendem sempre, onde o menos é mais, e o autor mira o coração da história. Assim é A rede da memória: uma coletânea de microcontos em que Lino de Albergaria rememora instantes do fluir da vida, plenos de beleza, crenças, começos, desfechos, afetos, lembranças, amor, vida… Literatura.

Ao entrelaçar momentos, tanto pelo explodir inesperado do significado quanto pela construção linguística não previsível, Lino de Albergaria resgata, de forma doce, mas tensa, o caminho já traçado. Essa tensão conflituosa desafia o leitor a percorrer os textos num sorvo quase ininterrupto. E cada conflito, lembrança e momento do autor são estendidos ao leitor, em pródiga doação.

No hoje, em que a velocidade, a concisão e a transitoriedade são a tônica, essa obra vem lembrar-nos de que é importante rememorar, para não se perder; recordar, para continuar vivendo. E fazer Literatura, fazer arte, para não só se fazer presente como também exercer permanência. Neste espaço linguístico, o micro conduz ao macro, sem aviltar, sem tolher.

 

Sobre o autor:
Mineiro de Belo Horizonte, Lino de Albergaria voltou a viver em sua cidade, depois de experiências em Paris (onde estudou editoração), São Paulo e Rio de Janeiro (onde trabalhou em algumas editoras). Graduado em Letras, é mestre em Ciências da Comunicação e doutor em Literatura.
Há mais de trinta anos vem publicando livros para o público juvenil, segmento por onde se iniciou como autor. Dezenas de reedições e alguns prêmios assinalam seu reconhecimento na área. Vem também, sobretudo nos últimos anos, escrevendo romances. O homem delicado surge na sequência de seus títulos anteriores: Em nome do filho (finalista da Bienal Nestlé), A estação das chuvas (finalista do Prêmio Jabuti e premiado pelo Estado do Paraná), Um bailarino holandês e Os 31 dias.

ISBN: 978-85-66-256-50-5
Título: O Homem Delicado
Páginas: 201
Ano de lançamento: 2019

 

ISBN: 978-65-86942-14-9
Título: A vida como ela era
Páginas: 137
Ano de lançamento: 2021

 

ISBN: 978-65-86942-42-2
Título: A rede da memória
Autor: Lino de Albergaria
Páginas: 114
Ano de lançamento: 2021

 

o homem delicado quixote do
R$20,00
R$45,00
R$85,00 comprando os livros juntos

Disponibilidade: Em estoque

compartilhar:

Adquira três livros por um preço especial !

Peso 735 g
Dimensões 15 × 21 × 4 cm
Carrinho
Seu carrinho está vazio =(
Continuar Comprando
0
Rolar para cima