Cartas – Constança Guimarães (1871 – 1888)

R$50,00

DescriçãoFicha Técnica

“A visita aos arquivos, sejam eles históricos ou literários, reserva surpresas a todo pesquisador, que talvez se depare com algum documento que não previa encontrar. O acaso da descoberta é uma das sensações mais inusitadas a serem cultivadas durante o trabalho arquivístico, pela quebra da perspectiva inicial, cedendo lugar ao exercício da criatividade, uma vez que a nova rota convida para a abertura de outros horizontes.
As cartas de Constança Guimarães para as primas, encontradas por acaso no Arquivo Mineiro pela historiadora e pesquisadora Eliane Marta Lopes, são a prova dessa aventura do acaso, do encontro com o fértil período intelectual das Minas Gerais. Narrado em tom coloquial e sob o olhar de jovens que viviam ao mesmo tempo a efusiva e sofrida experiência do cotidiano, o documento que temos em mãos é de extrema relevância não só pelo ineditismo, mas pelo valor histórico dos relatos. A pesquisa abrange tanto a relação de Constança com seus familiares quanto uma série de referências sobre a “peste branca”, a tuberculose, por meio do minucioso registro da doença que acometia grande número de pessoas, entre elas as mulheres dessa época. Aos leitores, o convite a usufruir e a se compadecer dessas vidas entregues a um destino cruel.

Sobre a autora:

Constança da Silva Guimarães
Nasceu em Ouro Preto no dia 11 de novembro de 1871 e morreu em 29 de dezembro de 1888, também em Ouro Preto, vítima da tuberculose. Era filha do escritor Bernardo Guimarães e de Teresa Maria Gomes Lima (Guimarães), que geraram seis filhos e duas filhas, Isabel e Constança. Seu prenome era como uma herança de família: sua avó paterna chamava-se Constança Beatriz e várias primas tinham o mesmo nome.

Sobre a organizadora:

Eliane Marta Teixeira Lopes
Nasci em 1946. Fui testemunha de grandes tragédias políticas e expressivas conquistas das mulheres. Devo ao povo brasileiro quase todo o percurso da minha formação e procurei retribuir como professora de história da educação da Universidade Federal de Minas Gerais. Além de artigos e livros acadêmicos, escrevi Santo Antônio (Conceito Editorial, vol. 27 da coleção BH. A cidade de cada um); Richard Wagner e Tannhauser em Paris (Editora Autêntica) e, com Sylvia Vartuli, Querido Alguém (edição das autoras).

ISBN: 978-65-86942-35-4
Título: Cartas – Constança Guimarães (1871 – 1888)
Autora: Constança Guimarães
Organizadora: Eliane Marta Teixeira Lopes
Páginas: 144
Ano de lançamento: 2021

Disponibilidade: Em estoque

Peso 190 g
Dimensões 13 × 20 × 1 cm
Carrinho
Seu carrinho está vazio =(
Continuar Comprando
0